1 de outubro de 2011

Eneagrama Sufi


O Eneagrama é um conhecimento milenar preservado pela Tradição Sufi e trazido para o ocidente pelo filósofo russo G.I.Gurdjieff. Em sua definição mais sintética, é um estudo de nove tipos psicológicos, nove fluxos energéticos, que se combinam numa dança cósmica, daí o significado do nome “eneagrama” - o desenho dos nove .

Pelo estudo do Eneagrama, mapeamos formas mecânicas de movimento, comportamento, tipos específicos de inteligência, estilos de comunicação e focos de atenção diferenciados, que uma vez conhecidos ajudam efetivamente nas relações interpessoais de modo geral. Como ferramenta de desenvolvimento pessoal, o Eneagrama é um método simples e poderoso que auxilia o indivíduo na superação das suas limitações e processos recorrentes, desenvolvendo seus potenciais e habilidades específicas.

Todos nós somos um pouco ambivalentes a respeito do autoconhecimento, porque há muito tempo estamos habituados à auto-imagem, mais familiar, por pior que ela seja. Quando começamos a conhecer o nosso tipo no Eneagrama, isso pode ser um poderoso catalisador de transformação pessoal.

Todos os tipos eneagramáticos, quando dirigidos por forças compulsivas, protegem a todo custo sua auto-imagem. Com consciência do seu caráter subjacente e com compromisso de auto desenvolvimento, todos são capazes de grandes modificações comportamentais, visando a atingir melhor qualidade de vida.

Por não ser um sistema fixo, todos nós nos movimentamos por todos os pontos do Eneagrama, ainda que com motivações diferentes. Podemos distinguir no outro as forças que impulsionam os vários comportamentos previsíveis. Isso gera uma profunda compreensão em relação aos medos, às raivas e aos enganos de que somos todos vítimas em nosso cotidiano mecanizado.

Através do estudo do Eneagrama, percebemos os condicionamentos que determinam nossas personalidades. Imersos em paradigmas e reações automáticas, não percebemos o papel limitante dos nossos condicionamentos.

Postar um comentário