1 de agosto de 2015

Caminho em direção a sí mesmo



"A vida de todo ser humano é um caminho em direção a si mesmo, a tentativa de um caminho, o seguir de um simples rastro. Homem algum chegou a ser completamente ele mesmo; mas todos aspiram a sê-lo, obscuramente alguns, outros mais claramente, cada qual como pode. Todos levam consigo, até o fim, viscosidade e cascas de ovo de um mundo primitivo. Há os que jamais chegam a ser homens e continuam sendo rãs, esquilos ou formigas. Outros que são homens da cintura para cima e peixes da cintura para baixo. Mas cada um deles é um impulso em direção ao ser. Todos temos origens comuns: as mães; todos proviemos do mesmo abismo, mas cada um - resultado de uma tentativa ou de um impulso inicial - tende a seu próprio fim. Assim é que podemos entender-nos uns aos outros, mas somente a si mesmo pode cada um interpretar-se".
Hermann Hesse: Demian (Prólogo), 1925.

Um comentário:

Sibele Santafosta disse...

"A vida de todo ser humano é um caminho em direção a si mesmo, e as tentativas são caminhos muitas vezes duros,tristes, difíceis outras vezes doces, alegres e emocionantes, e que cada um preciso ser vivido, a cada passo,... rastro.

Homem algum chegou a ser completamente ele mesmo; concordo, pois todos precisaram se adequar aos padrões impostos desde os tempos primórdios, mas todos aspiram a sê-lo, obscuramente alguns, outros mais claramente, cada qual como pode. Sim, cada qual como pode, e alguns pensam que estão fazendo tudo errado, acreditando ainda em certo e errado. São apenas escolhas, e bem escolhidas e muito melhor ainda executada.

Todos levam consigo, até o fim, viscosidade e cascas de ovo de um mundo primitivo.Eis a grande dor da humanidade, mas lhes afirmo que isto não é mais preciso, o planeta está liberto disto. todos juntos estamos a cada dia re-ajustando todos os astros e partículas que foram implantadas como experiência em nossa galáxia atmosférica pranática, so o, like this.

Há os que jamais chegam a ser homens e continuam sendo rãs, esquilos ou formigas. Outros que são homens da cintura para cima e peixes da cintura para baixo. Mas cada um deles é um impulso em direção ao ser. Todos temos origens comuns: as mães; todos proviemos do mesmo abismo, mas cada um - resultado de uma tentativa ou de um impulso inicial - tende a seu próprio fim. Assim é que podemos entender-nos uns aos outros, mas somente a si mesmo pode cada um interpretar-se".

Quão divino és amado autor, por adentrar-se tão profundamente no Ser Divino do Todo,você é manifestação do ser divino. Que bom que muitos homens seguiram o exemplo das amadas formigas, e tiveram muita paciência. Bem como todos aqueles que se sentirão como sapo e não como príncipe,saibam que o veneno do sapo é um milagre para grandes curas,bem nos ensinam os Xamãs e todos os índios e bem como nos ensina a sabedoria dos animais de poderes que cada um de nós somos rodeados, porque Somos Um. Grato por compartilhar sua luz a humanidade. Namastê! Shivaya Santh. 08/09/2015.
Hermann Hesse: Demian (Prólogo), 1925.