24 de dezembro de 2012

Espírito do Natal


Desejo a todos os meus amigos  que o Espírito do Natal possa tocar o coração de cada um de vocês. Que neste dia especial a chama do amor, da amizade, da fraternidade acenda sua luz sobre a sua vida, de seus familiares, amigos e de nossos animais de estimação.
Que possamos refletir mais um pouco sobre o verdadeiro sentido de nossas vidas, que cada dia mais possamos subir um degrau a mais em nosso autocrescimento, entendimento sobre o próposito de nossa vida no aqui, no agora e pela eternidade de nossa alma. Tudo tem um propósito, revestido em parte pelo místerio. Precisamos ter a humildade para aceitar certas coisas que a vida nos traz e leva embora em algum momento de nossas vidas.

Crescer exige de nós muitas vezes arrancarmos nossas raízes fincadas profundamente da terra. Tem momentos na vida que é preciso pemanecer no alto, olhando para o céu. Gosto muito de uma passagem do livro de Heidgger - "O caminho do Campo", que reflete uma imagem especial do meu pensamento: " O grande carvalho, que se encontra lá no caminho, precisa mergulhar profundamente suas raízes na terra escura. É na obscuridade da terra que ele vai buscar a força que o manterá vivo, que lhe dará condição de expandir sua copa em direção à imensidão do céu".

Na contrapartida, teremos momentos que a vida nos pede que permaneçamos no ponto mais alto de nossa copa, para recebermos os nutrientes para a vida. Não importa em qual momento nos encontremos: na obscuridade da terra ou diante do céu que brilha, o que importa é saber que o sentido nos é dado. A natureza não está contra nós. É preciso coragem para livrar-nos do medo.

Termino a mensagem com palavras de Carl Gustav Jung: " O Divino está sempre falando conosco, nos guiando. Nós somos os únicos que escolhemos querer ou não ouvir. Mas se ouvir atentamente, seremos capazes de ouvir as mensagens que estamos recebendo."
Com Carinho
LúKhayyám
Postar um comentário