30 de maio de 2012

O Eu e o Inconsciente

“Neste sentido, a análise não é um método que possa ser monopolizado pela medicina; é também uma arte, uma técnica ou uma ciência da vida psicológica, que devemos cultivar depois da cura, para o próprio bem e para o bem de todos. Se compreendermos isso corretamente, não nos apresentaremos como profetas da psicanálise ou reformadores do mundo mas, à base de uma verdadeira compreensão do bem geral, deixaremos frutificar, em primeiro lugar em nós mesmos, os acontecimentos adquiridos durante o tratamento, atuando mais pelo exemplo da própria vida, do que através de discursos pomposos e de propagando missionária.”
Carl Gustav Jung
Postar um comentário