30 de julho de 2011

Amigo !


Amigo
não te entristeças!
Nada mais inútil,
nada mais vão
do que viver triste.

Na correnteza da vida,
que às vezes se encachoeira,
onde é rainha a injustiça,
e a hipocrisia faz lei,
segue ereto e sobranceiro,
sem que te culpem de nada.

E que não te impressione
o termo desta viagem.

Faze como se não existisses,
abstrai-te do mundo
e, sem temores e sem crenças,
vive livre,
vive feliz!

O RUBÁIYÁT - Omar Khayyám
Postar um comentário